5 dicas essenciais para conservar a pintura do carro

A pintura do carro reflete muito o cuidado que o dono tem com ele. Uma pintura bem cuidada transmite uma sensação de carro novo para quem vê e pode, inclusive, valorizar o seu possante. Mas, como você já deve saber, a pintura é frágil e pode ser facilmente danificada. Confira!

 

Limpe o carro regularmente

O carro deve ser lavado, preferencialmente uma vez por semana para que todo resíduo, ou sujeira, seja removido, não permitindo o ataque à pintura. Faça a limpeza com produtos próprios para carros, que sejam neutros e que não sejam agressivos à pintura. Não utilize produtos abrasivos. Aproveite para encerar o carro pelo menos uma vez por mês, removendo, assim, sujeiras que possam ficar incrustadas na pintura e que com uma simples lavagem são difíceis de limpar.

Evite parar debaixo de árvores

Parar debaixo de árvores pode parecer uma boa ideia a princípio, principalmente por manter a temperatura interna mais agradável. Mas cuidado: as árvores soltam seiva e abrigam pássaros que poderão soltar dejetos sobre seu carro. Esses resíduos são muito prejudiciais à pintura, já que atacam de forma agressiva, causando manchas na pintura. Caso seu carro sofra de algum desses males, realize uma limpeza o mais rápido possível, utilizando água e sabão neutro. Se perceber a persistência de mancha mesmo após a limpeza procure um especialista.

Cuidado com exposição solar demasiada

Provavelmente você já viu um carro com a pintura desgastada e sem brilho, com aparência fosca e ressacada, principalmente no teto e no capô, certo? O responsável por esse indesejado efeito é o sol. Manter o carro exposto aos raios solares durante muito tempo fará que com ao longo de alguns anos, sua pintura se queime. Evite, portanto, deixar o carro exposto ao sol por muito tempo. Sempre que possível mantenha-o na sombra.  Você deve estar se perguntando: “Mas então, devo deixar exposto ao sol, ou parar debaixo de árvore?”. Se você não tiver outra escolha é melhor deixar sob o sol, pois o desgaste da pintura demorará alguns anos, já dejetos de pássaros e seivas de árvore podem danificar a pintura em questão de poucos dias.

 

Mantenha o carro em garagem coberta

O melhor lugar para se abrigar um carro é sob uma garagem coberta, que mantenha o ambiente em temperatura amena e que não deixe o carro sofrer com intempéries. Deixar o carro exposto ao tempo, mesmo que durante a noite e sem chuva, também é prejudicial para a pintura, principalmente por causa do sereno, que a deixará úmida. Caso você não disponha de garagem coberta, o uso de capa de proteção pode ser uma boa idéia. Mas fique atento: use a capa com o carro limpo, para evitar que sujeiras arranhem sua pintura ao tirar e colocar a capa e garanta que o carro esteja seco. Procure capas com proteção UV e que possuam forração.

 

 

Não deixe acumular amassados e arranhões

Sabe aquela batidinha que te deram, ou aquele arranhão que você ganhou ao esbarrar o seu carro sem querer? Pois bem, não deixe que esses pequenos estragos se acumulem. O maior problema é que esses danos acabam por danificar a pintura no local, expondo a lataria do carro ao ambiente externo, mesmo que imperceptivelmente a olho nu, possibilitando o processo de corrosão. A pintura, além de deixar os carros belos, é projetada para proteger a lataria do seu veículo.  Portanto, ao sofrer um dano no seu carro, mesmo que superficialmente, procure uma oficina especializada.

 

Fonte: http://goo.gl/3RKrTj